Minhas anotações “palio” :)


  • Receitas paleo: legumes assados (abóbora, cenoura e abacate). Corte a abóbora e a cenoura em pedacinhos. Coloque os pedaços em uma tigela, com azeite, alho e cominho. Leve ao forno e deixe assar por 30 minutos. 
  • comer mais carne, ervas e folhas. 
  • carne de porco e frango com moderação
  • comer mais peixe e marisco. peixes gordos: cavala, sardinha e salmão. Manter ingestão induzida de atum. 
  • Não comer nada feito com farinha: pão, pasta, cereais, bolachas, donuts. 
  • Não beba seu alimento. Nenhum tipo de refrigerante. Nem bebidas desportivas. Nada de leite, nem de soja, nada de batidas. Nada de sucos de frutas. Nada de iogurtes. Café, chá e mate podem com moderação. 
  • Aprenda a beber água. 
  • OBS: Mais tarde pode adicionar pequenas quantidades de laticínios e frutas, sumos vegetais de novo. 
  • Não ingerir açúcar de mesa ou equivalentes. Também fica de fora mel, adoçantes e açúcar de álcool. 
  • Se não pode passar sem carboidratos (açucares), ingerir amidos de tubérculos. Ex: batata. Não se esqueça da batata doce, cenoura, inhame e tapioca. 
  • Se precisar, o arroz é o menos mal. 
  • Carne gorda é a sua fonte primária de calorias e nutrientes. 
  • Compre cortes gordos de carne, cozinhe com a gordura incluída.
  • Cozinhe com manteiga de gordura de animais alimentados a pastos (não com banha de porco) e óleo de coco.
  • Cozinhe com ovos e coma sempre as gemas.
  • Não ingira óleos vegetais.
  • Força em vitamina D3: Sol. 
  • Nada de batatas fritas, ou outros alimentos fritos. Nada de margarina, nada de maionese e ignorar todo o corredor de bolachas e lanches. 
  • ignorar granola (combinação de óleo e açúcar). Nozes de milho e ervilhas wasabe. Evitar tudo dos corredores de alimentação saudável. 
  • azeite extravirgem, queijo, abacate e nozes com moderação. Pense como condimentos, não como ingredientes. 
  • As natas, creme de leite, iogurte gordo natural e chantilly proporcionam molhos maravilhosos – usados com moderação. Carne gorda sempre será a fonte primária. 
  • suplementos EPA e DHA (ômega 3)
  • Óleo de linhaça não é um substituto aceitável
  • Retire quaisquer grãos remanescentes da dieta (retirar aveia, milho, etc)
  • Retirar completamente trigo, centeio, cevada;
  • Remova as restantes das leguminosas (feijão) da dieta;
  • remover produtos lácteos, queijo, iogurte, natas. 
  • carnes (de qualquer tipo) e hortaliças pode ser consumida em qualquer quantidade;
  • morango, framboesa, amora, pitangas – com menos açucar. 
  • Menos açucar: ameixas, melão, pessego, laranjas, maças, peras, mamão. 
  • carnes, aves, peixes – duzias de ovos – potinhos de nozes/castanha
  • alface, couve, rúcula, hortelã. Salsa, cebolinha, coentro, orégano, manjericão, alho, cebola, pimentão.
  • nata, iogurte, coalhada. manteiga (quanto menos ingrediente, melhor)
  • óleo de coco e azeite
  • suco de uva pronto
  • frutas com muito açucar (consumir com moderação): banana, figo, uva, manga, abacaxi, melancia. Ideal: morango.
  • Completamente sem açucar: abacate ou coco.
  • Coma: carne, peixes, ovos, vegetais que cresçam acima do solo e gorduras naturais (coco, azeite de oliva, manteiga)
  • Evitar: açucar e alimentos com amido (pão, massas, arroz e batata). Evitar derivados do trigo. 
  • fish oil sundown ou nature’s bounty. 4g pela manhã
  • suplemento vitamina D
  • lascas de coco e canela ou cacau em pó com adoçante. 
  • comer 1 abacate por dia
  • nata com morango e cacau